Ramboll participa de debate sobre os desafios e perspectivas ao lidar com contaminantes emergentes

Ramboll, consultoria multinacional especializada em engenharia e projetos multidisciplinares, e o escritório de advocacia Trench Rossi Watanabe realizam no dia 19 de setembro, das 08h às 13h, em São Paulo (SP), a Mesa Redonda: “Contaminantes emergentes – Desafios e perspectivas”, evento para promover a discussão entre empresas e convidados sobre os principais desafios e perspectivas relativos aos poluentes emergentes e como se preparar para lidar com esses compostos químicos em suas operações.

Com a participação de especialistas do Brasil, Estados Unidos e Austrália, a mesa redonda contará com apresentações de Renata Amaral, especialista em mudanças ambientais e climáticas e sócia da Trench Rossi Watanabe; Mark Nielsen, diretor de soluções da Ramboll; Fabiana Gomes, consultora e gerente sênior da Ramboll e especialista em estratégia de compliance e serviços de transação; Doug Sanders, parceiro da Baker McKenzie dos Estados Unidos; e Meredith Gibbs, do conselho especial da Baker McKenzie da Austrália.

Um dos pontos a ser discutido no encontro será a regulamentação ainda incipiente do ponto de vista ambiental, e a avaliação sobre a presença destes compostos químicos, que podem representar riscos à saúde e ao meio ambiente, ocasionando responsabilidades e danos reputacionais a empresas e seus gestores.

Apesar de não serem normalmente incluídos nas avaliações de passivos ambientais, esses contaminantes, que podem causar efeitos adversos à saúde e ao meio ambiente, têm se mostrado cada vez mais frequentes nas águas superficiais e subterrâneas. São exemplos os PFAs (sulfonato de perfluorooctano - PFOS e o ácido perfluorooctanóico - PFOA), os precursores hormonais, os antibióticos e os quelantes de metais.

Estes compostos são desreguladores endócrinos e estudos apontam evidências cada vez mais claras de sua ligação com diversos problemas de saúde como, por exemplo, o PFOA que é indiscutivelmente cancerígeno para os animais e possivelmente para os humanos. Os PFAS estão amplamente difundidos no meio ambiente e não se degradam quando expostos ao ar, à água ou à luz solar, por conta dessa persistência dos compostos, formas de como lidar com sua presença devem ser debatidas com empresas e indústrias que estão localizadas em locais contaminados.
 
Sobre a RAMBOLL

Ramboll é uma empresa multinacional de consultoria, engenharia e projetos, com atividade multidisciplinar, que conta com 300 escritórios instalados em mais de 35 países em todos continentes e cujo time soma 15.000 colaboradores, entre engenheiros, projetistas e consultores, comprometidos com a criação de soluções sustentáveis e de longo prazo para os seus clientes e a sociedade. Recentemente, a empresa foi classificada entre as três principais empresas mundiais de consultoria em serviços ambientais, segundo pesquisa global do instituto independente de pesquisa Verdantix.

No Brasil possui escritórios no Rio de Janeiro, São Paulo, Valinhos, Belo Horizonte e Salvador e abrirá novos escritórios em Mariana (MG) e Vitória (ES). Com mais de 100 especialistas dedicados aos diversos segmentos da empresa, a Ramboll atua nos mercados de Petróleo & Gás, Meio Ambiente, Saúde e Segurança, Água, Energia, Transporte e Planejamento Urbano. Em 2017, foi eleita a melhor consultoria brasileira em meio ambiente e Expert de avaliação de passivo ambiental.
Caso queria conhecer mais sobre a Ramboll, entre no site: www.ramboll.com
 
Serviço:
Endereço: R. Arquiteto Olavo Redig de Campos, 105 - Chácara Santo Antônio, 04711-904, na Trench Rossi Watanabe.
Data: 19 de setembro, das 08h às 16h
Em caso de dúvida, envie e-mail para eventos@trenchrossi.com, ou ligue para
(011) 3048-6800

Seja o primeiro a avaliar!


Adicionar aos favoritos

16 set 2019


Por Da Redação
Compartilhe & Favorite
Anuncie